Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Partilhe esta Página

 Só Grandes Músicas 


 Sistema Flying

Rastreamento Aéreo


 

Visite e curta o AviComTur


 


Fortaleza - CE


 

Natal - RN


 

Recife - PE


  

 

Salvador - BA


 

Rio de Janeiro - RJ


 

São Paulo - SP


 

New York


 

San Francisco - California


 

Portugal - Porto


 

 

Dubai - Emirados Árabes Unidos


 

França - República Francesa 


  

Grécia - República Helênica




 



Total de visitas: 79638
Azul Linhas Aéreas
Azul Linhas Aéreas

AviComTur

Aviação Comercial e Turismo


Azul Linhas Aéreas Brasileiras S.A.


Azul Linhas Aéreas Brasileiras S.A. é uma companhia aérea fundada e homologada em 2008 por David Neeleman. É a terceira maior companhia aérea do Brasil em número de passageiros, a segunda maior em frota de aeronaves e a maior em número de destinos oferecidos (107), operando em 99 aeroportos no território brasileiro e em 8 internacionais. Em 2016, a Azul teve uma participação de mercado de 17,19% do total de assentos oferecidos em voos domésticos e 9,22% em voos internacionais, sendo a companhia que mais cresce em termos de passageiros por quilômetro voado. Em 2014, tornou-se uma companhia aérea de bandeira do Brasil (Flag Carrier) ao começar rotas internacionais.

Em abril de 2017, na quarta tentativa, abriu sua estrutura societária em São Paulo; cujo sucesso naquelas duas primeiras ofertas foi, segundo a Reuters, de cinco vezes mais investidores que unidades de títulos.

Seus principais centros de operações são os aeroportos de Viracopos, Confins e Recife. A sede administrativa da companhia fica no bairro de Alphaville, na região da Grande São Paulo. A Azul registrou aproximadamente 11 000 funcionários em 2014.

O início da Azul

David Neeleman, brasileiro criado nos Estados Unidos, que também foi o cofundador da WestJet e da Morris Air, após sofrer afastamento da presidência da companhia que ele mesmo fundou, a JetBlue Airways, começou a anunciar, em março de 2008, seus planos de fundar uma nova companhia aérea low-cost no Brasil. Mesmo sem nome definido, a empresa já tinha uma encomenda de 36 aeronaves do tipo E-195 da Embraer com opção de 40 unidades em um contrato estimado em 3 bilhões de dólares estadunidenses.

A escolha do nome

Para definir o nome da nova operadora aérea, Neeleman criou um website chamado "voceescolhe.com.br" onde o público poderia registrar sugestões de nomes. Depois de cadastrados quase 110 mil usuários, as melhores sugestões foram selecionadas e colocadas novamente para votação. Entre os finalistas, estavam Abraço, Alegria, Azul, Samba e uma grande variedade de nomes com a palavra Brasil que não puderam ser usados pois já estavam registrados. Além do nome, também foram colocadas enquetes para definir as cores das aeronaves, o tipo de serviço de bordo e o estilo dos uniformes da tripulação. Para chamar a atenção do público, Neeleman anunciou que o primeiro internauta que sugerisse o nome escolhido ganharia passe vitalício na nova companhia com direito a um acompanhante.

Após 1 mês com o site recolhendo sugestões e votos, o nome "Azul Linhas Aéreas Brasileiras" foi escolhido apesar de não ter sido a opção mais votada. Neeleman justificou a sua decisão dizendo que o nome Azul inspira sentimentos positivos, remete ao céu e é mais neutro do que Samba, nome que de fato recebeu mais votos. Neeleman concedeu o prêmio tanto para o internauta que sugeriu o nome Azul quanto ao que sugeriu o nome Samba.

O começo das operações

Em 7 de novembro de 2008, a empresa recebeu, da ANAC, o Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo. Assim, pôde começar a solicitar os Horários de Transporte (HOTRAN), que são autorizações para operação de transporte comercial aéreo no Brasil. No quadro executivo inicial, se encontravam, entre outros, David Neeleman como CEO, Pedro Janot como presidente, Cmte Miguel Dau como COO/Vice-Presidente Técnico-Operacional, Gianfranco Beting como diretor de marketing e John Rodgerson como vice-presidente financeiro. A Azul iniciou a venda de passagens no dia 4 de dezembro de 2008.

Em 15 de dezembro de 2008 aconteceu o voo inaugural fazendo a rota entre Campinas e Salvador e, posteriormente no mesmo dia, entre Campinas e Porto Alegre. No primeiro dia de operação, a taxa de ocupação das aeronaves foi de 62%, igualando a média de ocupação para voos nacionais de outras companhias aéreas daquele mesmo ano. Em janeiro de 2009, a Azul já operava também rotas entre Campinas, Curitiba e Vitória e planejava o início das operações para o Rio de Janeiro, no Aeroporto Santos Dumont. Nesse mesmo mês, a Azul iniciou o serviço de ônibus executivo para transladar passageiros entre o centro metropolitano de São Paulo e o aeroporto de Campinas, seu hub operacional.

Os voos internacionais

Em setembro de 2014, a Azul passou a vender passagens para Fort Lauderdale e Orlando. As operações começaram em 1 de dezembro e 15 de dezembro, respectivamente. Para as rotas internacionais, a companhia começou a utilizar os novos Airbus A330. A Azul se tornou a companhia aérea de bandeira do Brasil (Flag Carrier), ostentando em algumas aeronaves o título "Brazil's Flag Carrier" abaixo do logo da Azul e o nome "Brazil" em destaque.

A Azul iniciou, em 20 de agosto, operações entre Belém em Caiena, capital da Guiana Francesa. A partir de dezembro de 2015, a Azul passou a operar de Viracopos para Punta del Este.

Ônibus da Azul para apoio em terra aos passageiros.

Aeronave: ART-72 600


Azul Linhas Aéreas Brasileiras S.A.




AviComTur - Aviação Comercial e Turismo.




 


AviComTur

Aviação Comercial e Turismo


 Boeing

Boeing 737



Notícias Aviação/Turismo


Novidades do Site


 

Aviso

Importante:

Este website está passando por modificações e adaptações. Alguns dos novos conteúdos estão ainda restritos em sua área administrativa. Você poderá encontrar algumas páginas em modificações e/ou construções.

Pedimos a sua compreensão e que aguarde o conteúdo dessas páginas em breve.

Obrigado pela Atenção!

Equipe AviComTur.


 

Boeing 707-320


 

Boeing 707-320 Projeto


  

Boeing 717


 

Boeing 727-100


 

Boeing 727-200


  

Boeing 727-200 Projeto


 

 

 Boeing 737


 

Boeing 737-100


 

Boeing 737-200


 

Boeing 737-800



 

 AviComTur 

Aviação Comercial e Turismo